“Não existe vício em comida, e sim vício em comer”

“Não existe vício em comida, e sim vício em comer”

Ao falar de vício em comida, retira-se completamente a responsabilidade individual das pessoas e seu senso de auto-eficácia, ou seja, já que a culpa é de um fator externo, simplesmente não há “o que fazer” e não há uma ação no sentido de mudar aquele comportamento.

Se o indivíduo tem uma crença de que o vício em comida (no açúcar, por exemplo) é um problema externo a ele, isso afetará diretamente a sua ação. Ou no caso, a falta de ação para mudança.

Portanto, essa crença deve ser desconstruída. Na nutrição comportamental acredita-se em vício em comer, comportamentos que podem ser trabalhados e modificados.

Consulte uma nutricionista com foco em comportamento alimentar para te ajudar nas mudanças. Pode não ser fácil, mas é possível. E deixa eu te contar um segredo: a AÇÃO só depende de você.

Marcela G Oliveira – Nutricionista – CRN 3 55571

https://www.doctoralia.com.br/marcela-gallo-oliveira/nutricionista/valinhos

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: