Por que comemos o que comemos?

Por que comemos o que comemos?

Estamos o tempo todo fazendo escolhas na vida, e na alimentação não é diferente. Diariamente fazemos o exercício de escolher o que faz parte do nosso prato.

Mas você já se perguntou o motivo pelo qual as pessoas fazem determinadas escolhas alimentares?

Para responder a essa questão, temos que entender um pouco sobre determinantes de consumo. Determinantes de consumo são fatores que afetam as escolhas alimentares por meio de efeitos nos pensamentos e sentimentos das pessoas.

Podem ser relacionados ao ALIMENTO: aparência, valor nutritivo, qualidade, cheiro, textura, variedade, preço, origem, familiaridade.

Relacionados ao AMBIENTE: se dividindo em dois grupos distintos – Elementos FÍSICOS do ambiente como: iluminação, odor, conforto, limpeza, opções, distrações… E elementos SÓCIO-CULTURAIS como família, mídia e cultura.

Os determinantes da escolha também podem estar relacionados ao COMEDOR, ou seja, nós mesmos. E se dividem em: BIOLÓGICOS: incluindo fisiologia, patologia, genética, preferências alimentares, idade, sexo e estado nutricional. SOCIOECONÔMICOS: abrangendo – renda familiar, escolaridade e preço. E por último: ANTROPOLÓGICOS e PSICOLÓGICOS: envolvendo crenças, emoções e expectativa em relação aquele alimento.

Muitos fatores envolvem aquilo que escolhemos comer (ou não comer!). Você já tinha parado para pensar neles?

Reflexão: quais destes fatores você pensa que tem maior impacto naquilo que você escolhe comer?

Marcela Gallo Oliveira – Nutricionista – CRN 3 – 55571

Fonte: Instituto de Nutrição Comportamental – https://www.nutricaocomportamental.com.br/

Agende sua consulta: https://www.doctoralia.com.br/marcela-gallo-oliveira/nutricionista/valinhos#address-id=[623571,760903]

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: